*
 

Maria Aparecida da Silva Santos, 50 anos, foi assassinada em um quarto de motel em Cotia, na região metropolitana de São Paulo, na tarde desta segunda-feira (6/11), pelo ex-namorado Cléder Gonzaga Ilário, 42 anos. O casal se relacionava há apenas 2 meses.

De acordo com a Polícia Militar, Cléder foi armado até o restaurante em que Maria Aparecida tinha em Itapevi, cidade vizinha. Ele rendeu a ex-namorada e a levou a força no carro. Um funcionário do estabelecimento viu tudo.

O quarto utilizado por eles ficou fechado até as 12h, quando, segundo a dona do motel, apenas o homem saiu. A recepcionista tentou entrar em contato com a suíte ocupada pelo casal, mas Maria Aparecida não atendeu as ligações.

Após cometer o crime, Cléder fugiu e bateu o carro no portão de saída. A polícia localizou o veículo abandonado em uma região próxima ao motel, mas o suspeito ainda não foi encontrado.

O corpo de Maria Aparecida foi encontrado com várias perfurações. O caso foi qualificado como feminicídio e as investigações sobre as causas do crime estão sendo realizadas pelo Distrito Policial Central de Cotia. (Com informações da Agência Estado)

 

 

COMENTE

feminicídioviolência contra a mulher
comunicar erro à redação

Leia mais: Brasil