Estátua de Iemanjá é destruída a marretadas em Santa Catarina

Polícia Civil investiga do caso, que foi registrado na praia de Ribeira da Ilha, em Florianópolis

Reprodução/YouTubeReprodução/YouTube

atualizado 21/09/2019 22:30

Uma estátua de Iemanjá instalada na praia de Ribeira de Ilha, em Florianópolis (SC), foi destruída a marretadas por uma mulher na quinta-feira (19/09/2019), segundo o portal UOL. O caso é investigado pela Polícia Civil como intolerância religiosa.

Segundo o site, a suspeita é uma mulher ainda não identificada. Ela aparece em um vídeo depredando o monumento com mais de 20 golpes. 

O UOL informou que a estátua de Iemanjá foi colocada no local em 2013 pra Sociedade Yle de Xangô, que mantém um centro de umbanda há mais de 20 anos na região.

Nas redes sociais, o templo religioso lamentou o ocorrido e disse que buscará a recuperação da estátua até o final do ano, quando ocorre a celebração de Iemanjá, com fundos da própria comunidade.

Últimas notícias