Engenheiro é preso por estupro de crianças em “quarto da Disney” no RJ

Homem de 63 anos prestava serviço para Casa da Moeda do Brasil. Ele foi denunciado por estupro por um adolescente de 14 anos, de Niterói

atualizado 24/11/2021 22:42

Divulgação

Rio de Janeiro  – Um engenheiro foi preso por estupro de vulnerável na manhã desta quarta-feira (24/11), em Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Frank Hoffmann, de 63 anos, foi denunciado por abusar sexualmente de um adolescente no chamado “quarto da Disney”.

Agentes da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) prenderam o engenheiro na casa onde ele usava para cometer os estupros. O ambiente, todo decorado com os personagens do parque americano, era usado para atrair crianças para serem abusadas, segundo a polícia. (veja o vídeo)

Os policiais cumpriram ainda mandado de busca e apreensão e recolheram dezenas de brinquedos e jogos, usados para presentear possíveis vítimas. A prisão do acusado foi decretada após ele confessar que mantinha relações há um ano com um adolescente de 14 anos de idade.

Aos policiais, Hoffmann alegou que “seria apaixonado pelo menor e os atos seriam consensuais, bem como teriam ocorrido nas diversas viagens feitas no exterior”.

Outras vítimas

A polícia, agora, vai periciar os jogos eletrônicos e outros itens apreendidos no quarto da Disney em busca de mais provas dos abusos e da identificação de outras vítimas.

Os brinquedos apreendidos, dezenas deles importados, terão como destino a brinquedoteca da unidade policial, após autorização judicial e os exames dos peritos.

0

Frank, que presta serviços  para a Casa da Moeda do Brasil, foi denunciado pelo Ministério Público pelo crime de estupro de vulnerável e estupro e permanecerá à disposição na Justiça no sistema prisional.

Em nota, a Casa da Moeda informa que “não compactua com quaisquer práticas criminosas e que as medidas cabíveis serão adotadas” de acordo com o desfecho das investigações.

 

Mais lidas
Últimas notícias