Enem traz como tema da redação o estigma associado às doenças mentais

Segundo o Inep, a redação deve ser do tipo dissertativo-argumentativo, não podendo ultrapassar 30 linhas

atualizado 17/01/2021 14:24

Provas do Enem 2021Igo Estrela/Metrópoles

O tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 é “O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira”. Participantes têm até as 19h (horário de Brasília) para finalizar o exame neste domingo (17/1). A informação foi divulgada pelo ministro da Educação, Milton Ribeiro, em suas redes sociais.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a redação deve ser do tipo dissertativo-argumentativo, com até 30 linhas, desenvolvida a partir da situação-problema proposta e de subsídios oferecidos pelos textos motivadores. Os critérios de correção da redação estão detalhados na Cartilha do Participante.

O texto precisa ser opinativo e organizado para a defesa de um ponto de vista. A opinião do autor deve estar fundamentada com explicações e argumentos.

0

As redações do Enem são avaliadas de acordo com cinco competências. A nota pode chegar a 1000 pontos, mas há critérios que conferem nota zero.

Na cartilha do participante, estão as razões que podem zerar a nota, como fuga ao tema, extensão total de até sete linhas, trecho deliberadamente desconectado do tema proposto, não obediência à estrutura dissertativo-argumentativa e desrespeito à seriedade do exame.

Últimas notícias