Em indireta a Bolsonaro, Paes critica voto impresso: “Vai se dar mal”

Prefeito do Rio criticou questionamentos a urnas eletrônicas adotadas no Brasil, mas sem mencionar Bolsonaro, defensor do voto impresso

atualizado 22/07/2021 14:14

Eduardo Paes, prefeito do RioAline Massuca/Metrópoles

Sem mencionar o nome do presidente do Jair Bolsonaro, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes , publicou em seu perfil no Twitter uma crítica direta aos questionamentos sobre a eficácia do sistema de urna eletrônica adotado no Brasil. O presidente Bolsonaro defende publicamente a volta do voto impresso já na próxima eleição.

Escreveu Eduardo Paes: “Já disputei 8 eleições. Ganhei 6. Perdi 2. Fiquei feliz nas que ganhei e triste nas que perdi. Minha tristeza nunca foi por não confiar no sistema eleitoral brasileiro. Ao contrário, só disputei eleições com o sistema atual e ele funciona e tem credibilidade.”

O prefeito do Rio acrescentou: “Inaceitável q se tente colocar sob suspeita esse sistema e a democracia. Quem apostar nisso vai se dar mal. O melhor a fazer – principalmente para quem está no poder – é governar bem. Se for bem, o povo reconduz. Se for mal, manda pra casa. Simples assim. Vão trabalhar!”

https://twitter.com/eduardopaes/status/1418237847329456131

 

Últimas notícias