Kalil oficializa renúncia à prefeitura para disputar governo de Minas

Em discurso de despedida, o político disse que deixa a administração municipal com a sensação de “dever cumprido”

atualizado 25/03/2022 11:53

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, durante coletiva de imprensa sobre a pandemia do novo coronavírus - MetrópolesAmira Hissa/Prefeitura de Belo Horizonte

Alexandre Kalil (PSD) não é mais o prefeito de Belo Horizonte. Ele anunciou nesta sexta-feira (25/3) que deixa o cargo para concorrer ao governo de Minas nas eleições de 2022.

Em discurso feito na sede da prefeitura, o político disse que deixa a administração municipal com a sensação de “dever cumprido” e já se dirigiu ao povo de outras regiões do estado, com direito a várias alfinetadas ao governador Romeu Zema (Novo).

“Dever cumprido é sentir que fiz o que pude, dever cumprido é sentir que, se errei, fiz o meu dever. A sensação que tenho quando olho para toda a minha família é de dever cumprido”, disse o agora ex-prefeito em um trecho do discurso. O anúncio vem pouco antes do prazo para a desincompatibilização previsto pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Leia a reportagem completa no BHAZ, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias