Diretor-geral da PRF pede votos para Bolsonaro no Instagram: “Vote 22”

Em publicação no story do Instagram, Silvinei Vasques divulgou uma imagem da bandeira do Brasil e escreveu: "Vote 22"

atualizado 30/10/2022 14:37

Diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal, Silvinei Vasques Instagram/Reprodução

O diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Silvinei Vasques, usou as redes sociais para pedir votos ao presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição (30/10).

Em publicação no story do Instagram, Vasques divulgou uma imagem da Bandeira do Brasil, com a seguinte mensagem: “Vote 22. Bolsonaro presidente”. Ele apagou o post, mas a imagem viralizou nas redes sociais.

Veja:

Diretor da PRF pede votos para Bolsonaro nas redes sociais
Diretor da PRF pede votos para Bolsonaro nas redes sociais

A publicação do diretor da PRF após o ministro Alexandre de Moraes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), proibir que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Federal (PF) façam operações que envolvam transporte público de eleitores neste domingo (30/10).

Mesmo com a decisão de Moraes, eleitores têm denunciado ações da PRF para impedir a votação neste domingo. Um dos relatos foi feito pelo prefeito de Cuité (PB). De acordo com ele, agentes da corporação estão na entrada da cidade para impedir que a população vote.

Outros vídeos circulam na internet com pessoas denunciando que não estão conseguindo chegar aos seus locais de votação em diversas cidades do Nordeste devido a ações da PRF.

Eleições 2022

Os brasileiros vão às urnas neste domingo (30/10) para o segundo turno das eleições presidenciais. Além da disputa pelo cargo de chefe da República, estão em jogo os comandos de 12 governos estaduais que não foram escolhidos em primeiro turno.

Os 156,4 milhões de eleitores aptos poderão votar entre as 8h e as 17h. Neste ano, todos os estados seguirão o horário de Brasília, o que vai impactar o planejamento de moradores do Acre e do Amazonas, que estão em fusos horários diferentes.

Para votar, é necessário que o eleitor apresente um documento oficial com foto, mesmo que vencido. Pode ser Carteira de Identidade, de Motorista, de Reservista, de Trabalho, carteira de categoria profissional reconhecida por lei, como a da OAB, e passaporte.

Mais lidas
Últimas notícias