Datafolha: Lula tem 52% dos votos válidos, contra 48% de Bolsonaro

Pesquisa ouviu 2.912 pessoas, entre 17 e 19 de outubro, em 181 cidades. Margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos

atualizado 19/10/2022 18:40

Em fotos justapostas, os candidatos à presidência Lula e Bolsonaro aparecem falando, diante de montagem com bandeira de seus respectivos partidos, o PT e o PL - Metrópoles Arte/Metrópoles

Pesquisa divulgada pelo Instituto Datafolha, nesta quarta-feira (19/10), mostra que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem 52% dos votos válidos, contra 48% de Jair Bolsonaro (PL). No último levantamento, divulgado em 14 de outubro, Lula aparecia com 53%, enquanto Bolsonaro tinha 47% das intenções de voto.

Pela legislação brasileira, um candidato a governador ou a presidente é considerado eleito se obtiver maioria absoluta dos votos. Ou seja, mais da metade dos votos válidos – excluídos os votos em branco e os nulos.

O Datafolha ouviu 2.912 pessoas, entre 17 e 19 de outubro, em 181 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O levantamento está registrado no TSE com o número BR-07340/2022.

Estimulada

No cenário estimulado, no qual os entrevistados dizem em quem vão votar com base em uma lista dos candidatos, Lula aparece com 49%, contra 45% de Bolsonaro.

Veja os números:

  • Lula (PT): 49% (49% na pesquisa divulgada em 14 de outubro)
  • Jair Bolsonaro (PL): 45% (44% na pesquisa anterior)
  • Brancos e nulos: 4% (5% na pesquisa anterior)
  • Não sabem/não responderam: 1% (1% na pesquisa anterior).

Espontânea

Já na pesquisa espontânea, na qual não são apresentados os nomes de nenhum dos dois candidatos, Lula aparece com 47%. Bolsonaro tem 44%.

Confira:

  • Lula (PT): 47% (46% na pesquisa divulgada em 14 de outubro)
  • Jair Bolsonaro (PL): 44% (41% na pesquisa anterior)
  • Brancos e nulos: 5% (6% na pesquisa anterior)
  • Não sabem/não responderam: 3% (3% na pesquisa anterior)
  • Outras respostas: 1% (1% na pesquisa anterior)
Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
Publicidade do parceiro Metrópoles 6
0

Institutos na mira

O levantamento desta quarta é divulgada em meio a críticas sobre a metodologia das pesquisas eleitorais. Na semana passada, a Polícia Federal abriu um inquérito para investigar os institutos de pesquisa, a pedido do Ministério da Justiça. O Cade seguiu o mesmo caminho. No entanto, o presidente do TSE, Alexandre de Moraes, determinou a suspensão das apurações.

O ministro chamou os procedimentos de “evidente usurpação da competência” do TSE e apontou “incompetência absoluta” e “ausência de justa causa” da PF e do Cade.

O resultado do primeiro turno das eleições presidenciais, realizado em 2 de outubro, mostrou que a disputa pelo Palácio do Planalto entre Luiz Inácio Lula da Silva e Jair Bolsonaro foi acirrada. Com 100% das urnas apuradas, o petista alcançou 48,43% dos votos, e o atual presidente, 43,20%.

Até a véspera do pleito, no entanto, os principais institutos de pesquisa não conseguiam cravar se haveria, ou não, um segundo turno na eleição nacional. Enquanto Lula oscilou em torno dos 50% de votos válidos na maioria dos levantamentos nacionais ao longo da campanha, Bolsonaro ficou em torno dos 30% nas sondagens de intenção de voto.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
0

Mais lidas
Últimas notícias