Com apoio de Doria, ex-aliado de Moro vira aposta do PSDB no Paraná

César Silvestri Filho, ex-presidente do Podemos no Paraná, migrou para o PSDB e pode concorrer ao governo do estado

atualizado 20/01/2022 17:14

Cesar Silvestri FilhoDivulgação

São Paulo – O Podemos, partido que pretende lançar Sérgio Moro à presidência da República, sofreu uma baixa justamente no estado do Paraná, onde o ex-juiz da Lava Jato ganhou visibilidade nacional.

Na última terça-feira (18/1), César Silvestri Filho, ex-presidente estadual do partido, formalizou seu ingresso no PSDB em encontro com o governador João Doria, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo.

Silvestri Filho é apontado como um dos articuladores da filiação de Moro e também de Deltan Dallagnol, ex-procurador da República. Pelo PSDB, ele deve concorrer ao governo do estado do Paraná.

“César Silvestri é um dos grandes valores não só da política do Paraná, mas da política do Brasil. O PSDB está muito orgulhoso de ter agora em suas fileiras este jovem político”, comemorou Doria, após a reunião com o novo integrante tucano.

Transferência da partido

Moro ingressou no Podemos em novembro do ano passado com o objetivo de disputar a Presidência.

Mas, diante do custo de uma campanha eleitoral, o ex-juiz já considera a possibilidade de migrar para o União Brasil – partido que vai surgir da fusão entre DEM e PSL, como noticiou o colunista Guilherme Amado. A nova sigla terá quase R$ 1 bilhão dos fundos partidário e eleitoral.

 

Mais lidas
Últimas notícias