Vídeo: Bolsonaro faz apelo para que manifestantes desobstruam rodovias

Desde a derrota de Bolsonaro para Lula nas urnas, apoiadores do presidente têm bloqueado rodovias pelo país

atualizado 03/11/2022 9:00

Reprodução/Redes sociais

O presidente Jair Bolsonaro (PL) pediu, nesta quarta-feira (2/11), que seus apoiadores desobstruam as rodovias do país. Ao menos 25 unidades da Federação registraram protestos com pedidos de “intervenção federal” hoje. Desde a noite de domingo (30/10), bolsonaristas têm bloqueado várias rodovias brasileiras em protesto ao resultado das eleições presidenciais, que tiveram como vitorioso o petista Luiz Inácio Lula da Silva.

Em vídeo publicado nas redes sociais, o atual titular do Palácio do Planalto disse que manifestações e protestos são bem-vindos, mas fez um apelo para que os bloqueios tenham fim. Segundo ele, esses atos não são legítimos e prejudicam a economia brasileira.

“Eu quero fazer um apelo a você. Desobstrua as rodovias. Isso daí não faz parte, no meu entender, dessas manifestações legítimas. Não vamos perder, nós aqui, essa nossa legitimidade”, afirmou. “O apelo que eu faço a você: desobstrua as rodovias, proteste de outra forma, em outros locais, que isso é muito bem-vindo, faz parte da nossa democracia.”

Veja o vídeo abaixo:

É a segunda vez que Bolsonaro se manifesta sobre o bloqueio de rodovias. Na terça (1º/11), em seu primeiro pronunciamento sobre as eleições, ele desaprovou os atos, mas declarou que o movimento é “fruto da indignação e sentimentos de injustiça”.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), até as 14h30 desta quarta, o número de bloqueios pelo país era de 150. Desde o início dos atos, 688 bloqueios foram desfeitos, de acordo com a corporação.

Na segunda-feira (31/10), o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que a PRF e as polícias militares estaduais adotassem as medidas necessárias para desobstruir as vias.

Leia a íntegra do pronunciamento:

Brasileiros que estão protestando por todo o Brasil.

Sei que vocês estão chateados, estão tristes, esperavam outra coisa. Eu também estou tão chateado, tão triste quanto vocês. Mas nós temos que ter a cabeça no lugar.

Os protestos, as manifestações são muito bem-vindas. Fazem parte do jogo democrático. Ao longo dos anos, muito disso foi feito pelo Brasil — na Esplanada, Copacabana, Paulista, entre tantos e tantos outros lugares.

O fechamento de rodovias pelo Brasil prejudica o direito de ir e vir das pessoas, está na nossa Constituição. E nós sempre tivemos dentro dessas quatro linhas.

Nós temos que respeitar o direito de outras pessoas que estão se movimentando, além de prejuízo a nossa economia. Sei que a economia tem sua importância. Talvez você esteja dando mais importância a outras coisas agora. É legítimo.

Mas eu quero fazer um apelo a você. Desobstrua as rodovias. Isso daí não faz parte, no meu entender, dessas manifestações legítimas. Não vamos perder, nós aqui, essa nossa legitimidade. Outras manifestações que vocês estão fazendo pelo Brasil todo, em praças, faz parte, repito, do jogo democrático.

Fiquem à vontade. E deixo claro: vocês estão se manifestando espontaneamente.

Colocamos a nossa Polícia Rodoviária Federal desde o primeiro momento para desobstruir rodovias pelo Brasil, e eles têm feito o trabalho de tentar desobstruir, mas são muitos pontos e as dificuldades são enormes.

Prejuízo todo mundo está tendo com essas rodovias fechadas. O apelo que eu faço a você: desobstrua as rodovias, proteste de outra forma, em outros locais, que isso é muito bem-vindo, faz parte da nossa democracia.

Por favor, não pensem o mal de mim. Eu quero o bem de vocês. Ao longo desse tempo todo à frente da Presidência, colaborei para ressurgir o sentimento patriótico, o amor à Pátria, as nossas cores verde e amarela, a defesa da família, a defesa da liberdade. Não vamos jogar isso fora. Vamos fazer o que tem que ter feito.

Estou com vocês. E tenho certeza que vocês estão comigo. O pedido é: rodovias. Vamos desobstruí-las para o bem da nossa nação e para que nós possamos continuar lutando por democracia e por liberdade.

Muito obrigado a todos vocês. Deus abençoe o nosso Brasil.

 

Mais lidas
Últimas notícias