Após tentativa de boicote, PL diz que 12 mil pessoas foram à convenção

Convenção partidária que oficializou candidatura à reeleição de Bolsonaro sofreu tentativa de esvaziamento

atualizado 24/07/2022 17:49

Convenção do partido PL oficializa candidatura de BolsonaroAline Massuca/ Metropoles

Segundo a assessoria de imprensa do Partido Liberal (PL), a estimativa de público na convenção que oficializou a candidatura à reeleição de Jair Bolsonaro bateu 12 mil pessoas. O número é próximo da capacidade máxima do ginásio Maracanãzinho — onde ocorre o evento —, que é de 13 mil pessoas.

Ao longo da última semana, opositores do governo lançaram uma ofensiva para tentar esvaziar a convenção. A estratégia consistia em reservar ingressos na plataforma a fim de esgotar os lugares. Como reação, o partido fez um “pente-fino” nas inscrições e liberou a entrada do público apoiador mesmo sem apresentação de ingresso.

O PL confirmou, neste domingo (24/7), a chapa de Bolsonaro, com o general Walter Braga Netto no posto de vice, em uma chapa pura do PL. A confirmação dos nomes ocorreu foi unânime, em votação virtual na plataforma da legenda na manhã deste domingo.

O evento é realizado na arena do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, e tem elementos para ajudar o presidente a tentar reverter a alta rejeição no eleitorado feminino.

O ginásio está decorado com as cores verde e amarela. Os milhares de apoiadores presentes também compareceram em peso com camisas nas cores da bandeira nacional.

Bolsonaro chegou ao local acompanhado pela primeira-dama do país, Michelle Bolsonaro, ao som do jingle “Capitão do Povo”, da dupla sertaneja Mateus e Cristiano. O candidato a vice, Braga Netto, estava logo atrás com a esposa.

A programação teve início com uma oração conduzida pelo deputado federal Marco Feliciano (PL-SP), que é pastor evangélico. Em seguida, houve execução do Hino Nacional. A primeira-dama foi a primeira a discursar, antecedendo Bolsonaro.

0

A convenção conta com a presença de diversos políticos do Centrão, como o próprio presidente do PL, Valdemar Costa Neto, e o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). Também participam do evento políticos de siglas que devem compor a coligação e auxiliares e ex-assessores presidenciais. Veja a lista:

Veja a lista dos participantes do evento:

  • Cláudio Castro (PL), governador do Rio de Janeiro
  • Ibaneis Rocha (MDB), governador do Distrito Federal
  • Ciro Nogueira, ministro-chefe da Casa Civil
  • Anderson Torres, ministro da Justiça
  • Fábio Faria, ministro das Comunicações
  • Célio Faria Júnior, ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República
  • Marcelo Queiroga, ministro da Saúde
  • Tereza Cristina (PP-MS), deputada federal e ex-ministra da Agricultura
  • Ricardo Barros (PP-PR), deputado federal e líder do governo na Câmara
  • Eduardo Gomes (MDB-TO), senador e líder do governo no Congresso
  • Carla Zambelli (PL-SP), deputada federal
  • Bia Kicis (PL-DF), deputada federal
  • Daniel Silveira (PTB-RJ), deputado federal
  • Flávia Arruda (PL-DF), deputada federal
  • José Roberto Arruda (PL-DF), ex-governador do Distrito Federal
  • Romário (PL-RJ), senador
  • Wellington Fagundes (PL-MT), senador
  • Marcos Rogério (PL-RO), senador
  • Jorginho Mello (PL-SC), senador
  • Fernando Collor (PTB-AL), senador
  • Eduardo Pazuello (PL-RJ), ex-ministro da Saúde
  • Marcos Pontes (PL-SP), ex-ministro da Ciência e Tecnologia
  • Gilson Machado (PSC-PE), ex-ministro do Turismo
  • Jorge Seif (PL-SC), ex-secretário da Pesca
  • Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro

Dos três filhos do presidente que são parlamentares, apenas o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) compareceu à convenção. O vereador Carlos e o deputado federal Eduardo estão em viagem aos Estados Unidos. Flávio é um dos principais coordenadores políticos da campanha do pai.

Mais lidas
Últimas notícias