Entubado e com Covid-19, Maguito disputa 2° turno com Vanderlan em Goiânia

Maguito Vilela (MDB) ficou com 36,02% dos votos; Vanderlan Cardoso (PSD) recebeu 24,67%. Segundo turno está previsto para o dia 29

atualizado 16/11/2020 0:16

Maguito VilelaDivulgação/Assessoria

Os candidatos Maguito Vilela (MDB) e Vanderlan Cardoso (PSD) vão disputar o 2° turno da eleição para prefeito de Goiânia. A votação será no próximo dia 29.

Com 100% das urnas apuradas nesse domingo (15/11), Maguito recebeu 217.194 votos, o que representa 36,02% dos votos válidos. Já Vanderlan teve 148.739 votos, totalizando 24,67%.

Maguito Vilela nasceu em Jataí (GO), tem 71 anos e é advogado. Atuou como vereador, deputado estadual e federal e governador de Goiás. Ele está internado desde o dia 19 de outubro para tratamento da Covid-19. Na tarde deste domingo, voltou a ser entubado, no hospital em São Paulo onde está internado.

Vanderlan Cardoso é natural de Iporá (GO), tem 59 anos, é empresário e senador. Foi prefeito do município de Senador Canedo (GO).

Eleições 2020

Nas eleições de 2020, concorrem prefeitos e vereadores. Nas cidades com menos de 200 mil eleitores, a escolha na prefeitura é realizada em apenas um turno: vence o candidato que receber o maior número de voto válidos (brancos e nulos não contam).

Nos municípios com mais de 200 mil eleitores, o candidato precisa atingir 50% dos votos válidos mais um. Em caso contrário, é realizado segundo turno entre os dois primeiros colocados. O que receber mais votos ganha.

Nas eleições para vereador, os candidatos são eleitos de acordo com o número de vagas disponíveis na Câmara de cada município — de Goiânia, são 35 cadeiras disponíveis. Os partidos e coligações precisam receber uma quantidade mínima de votos para que os candidatos possam ocupar os cargos.

Últimas notícias