PRP descarta general Heleno como vice na chapa de Bolsonaro

Partido informa que tem planos de lançar o militar da reserva como candidato ao Senado pelo DF

Igo Estrela/MetrópolesIgo Estrela/Metrópoles

atualizado 18/07/2018 14:25

O PRP barrou a indicação do general da reserva Augusto Heleno como vice na chapa de Jair Bolsonaro (PSL). O partido informou que tem planos de lançar o militar como candidato ao Senado pelo DF nas eleições deste ano.

De acordo com nota da sigla, “está descartada” a informação de que o general Heleno aceitou compor chapa com o deputado federal – também da reserva do Exército.

Segundo a assessoria do PRP, a legenda continua conversando, “com tempo e calma”, com os demais pré-candidatos, para avaliar o caminho a ser seguido.

“Sobre o convite feito pelo Bolsonaro e em conversa com o presidente nacional do PRP, Ovasco Resende, a direção nacional ficou surpresa e honrada”, informou o partido.

O senador Magno Malta (PR-ES) também recusou na última quarta-feira (11/7) ser vice na chapa de Bolsonaro. A tentativa do pré-candidato do PSL ao estreitar os laços com o Partido da República (PR), de Valdemar Costa Neto, condenado por suposto envolvimento no escândalo do mensalão, era a de aumentar o tempo de TV e contar com organização maior nos estados. Ao recusar a indicação, Malta disse ser “importante no Senado” e que Bolsonaro será presidente “com qualquer outro vice”.

Últimas notícias