*
 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso pela Operação Lava Jato por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, afirmou nesta terça-feira (10/7) que vai ser candidato nas eleições 2018 para “recuperar a soberania do povo brasileiro”.

De acordo com o petista, em nota publicada no seu site oficial, parte do patrimônio brasileiro está sendo “vendida de forma irresponsável”. Para o ex-chefe do Executivo nacional, o governo está consolidando o suposto complexo que a elite nacional tem em relação aos Estados Unidos.

“É muito triste que parte do patrimônio público, construído com muito sacrifício pelo povo brasileiro a partir da metade do século XX, esteja sendo vendido de forma irresponsável, a preço de banana, para encobrir a ilegitimidade de um golpista, para abrir mão de qualquer soberania que um país precisa ter e consolidar o complexo de vira-lata que a elite brasileira sempre teve em relação aos EUA”, diz a nota.

“Podem ter certeza, vou ser candidato para, entre outras coisas, recuperar a soberania do povo brasileiro”, afirma o petista no texto. Apesar das afirmações de Lula, reportagem do Estado de S. Paulo publicada no domingo (8) mostra que siglas de esquerda tratam o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad como pré-candidato do PT ao Planalto.