Entrevista de Marina Silva no Roda Viva repercute nas redes sociais

A pré-candidata à Presidência da República pela Rede Sustentabilidade foi a convidada do programa da TV Cultura na segunda (30/4)

Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência BrasilFábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

atualizado 01/05/2018 13:06

A pré-candidata à Presidência da República Marina Silva (Rede) foi a entrevistada do programa Roda Viva, da TV Cultura, na noite de segunda-feira (30/4). E o assunto movimentou os eleitores no twitter.

Durante o debate, que durou cerca de uma hora e meia, Marina falou sobre suas propostas de pré-candidatura ao Palácio do Planalto. Perguntada sobre como governar sem apoio parlamentar, ela citou o exemplo da ex-presidente Dilma Roussef e do atual, Michel Temer, que tinham grande bancada e, mesmo assim, encontraram dificuldades.

“Esse ciclo de governabilidade que temos, onde a maioria do Congresso e a composição do governo se dá em cima do toma lá da cá, já se esgotou. Um novo ciclo de governabilidade precisa ser instituído”, defendeu.

Em outro momento, comparando as eleições de 2018 com as de 2014, a ex-senadora disse que “agora as pessoas sabem a verdade”, e definiu o pleito anterior como “fraude eleitoral”.

“A Lava Jato revelou uma série de atrocidades em relação a corrupção. Quem vai para o segundo turno, será fruto desse desejo da sociedade de mudar. Não se pode acreditar que aqueles que criaram o problema, irão resolvê-lo”.

Alguns telespectadores questionaram que o tom adotado pelos entrevistadores teria sido muito brando, sem perguntas mais incisivas.

Outros manifestaram apoio à pré-candidata, que, atualmente, em um cenário sem a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), aparece em segundo lugar de acordo com pesquisa do Instituto Datafolha, atrás de Jair Bolsonaro (PSL).

Últimas notícias