*
 

Todo ano pessoas que se atrasam para fazer a prova do Enem viram meme na internet. Dessa vez, um exemplo mais positivo se destacou: o haitiano Bernard Denord, 29 anos, chegou três horas antes do teste começar, para não perder a oportunidade, neste domingo (4/11), em Campo Grande (MS).

“Logo hoje que mudou o horário decidi vir cedo para deixar a cabeça bem calma e ter muita disposição para enfrentar a prova. Cheguei aqui às 9h para não ter nenhum problema”, explicou à Globo.

O rapaz vive há seis anos em MS. Saiu de Marchand Dessalines, no Haiti, para trabalhar, estudar e ajudar sua família que ainda vive em seu país natal.

“Eu acredito que terei a oportunidade de mudar de vida por meio dos estudos. Terei a possibilidade de estudar em uma universidade e depois ter um emprego melhor para manter minha família “, diz.

Bernard trabalha como conferente em uma empresa distribuidora e temia a prova de redação. Devido ao idioma, ele poderia ter dificuldades na interpretação de texto. A língua oficial do Haiti é o francês.

“O esforço tem que ser redobrado. Na primeira vez que fiz tive um pouco de dificuldade na interpretação. Para essa edição da prova estudei mais e me preparei com muita pesquisa. Agora vai dar certo”, afirmou.

“Eu estudei todo esse tempo sozinho em casa por meio da internet. Li muito e com investimento em pesquisas, acredito que ano que vem vou estrar no ensino superior do Brasil”, relatou.