Reajuste do salário mínimo fica abaixo da inflação de 2019

Piso nacional subiu para R$ 1.039, alta de 3,84% em comparação com ano passado. Índice de 2019 foi de 4,31%

ReproduçãoReprodução

atualizado 10/01/2020 13:27

O salário minimo de R$ 1.039, estabelecido pelo governo federal para este ano, não repõe a alta da inflação acumulada em 2019, que fechou em 4,31%, conforme divulgado nesta sexta-feira (10/01/2020) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com o resultado do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o salário mínimo deveria ser, portanto, de 1.042,70 neste ano.

Antes em R$ 998, o piso nacional foi reajustado em 3,84%, de acordo com a estimativa de dezembro do mercado financeiro para o acumulado da inflação no ano.

O reajuste foi publicado no último dia 31 de dezembro em medida provisória (MP) assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Pelo Projeto de Lei Orçamentária de 2020 (PLOA-2020), o salário mínimo seria ainda menor, de R$ 1.031. A recente alta no preço da carne fez o governo elevar esse valor.

A equipe econômica estima que, para cada aumento de R$ 1 no salário mínimo, as despesas com benefícios da Previdência vão crescer, neste ano, em aproximadamente R$ 355,5 milhões.

O Metrópoles procurou o Ministério da Economia, que não respondeu até o fechamento desta reportagem. O espaço continua aberto.

Últimas notícias