Prova de Vida para aposentados e pensionistas volta a ser exigida em 1º de julho

Quem não realizou o procedimento em 2020 ou em 2021 deverá fazê-lo na agência bancária onde recebe o pagamento

atualizado 30/06/2021 13:46

A Prova de Vida dos aposentados, pensionistas e anistiados políticos civis do Poder Executivo Federal volta a ser exigida a partir desta quinta-feira (1º/7), após ter ficado suspensa desde março de 2020 para conter a disseminação da Covid-19

Quem não realizou o procedimento em 2020 ou em 2021 deverá fazê-lo na agência bancária onde recebe o pagamento. Também é possível acessar o aplicativo SouGov.br para consultar o prazo para a sua realização e obter as orientações para realizá-la por meio de aplicativo móvel – caso tenha biometria cadastrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou no Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

“Aqueles que não realizarem a comprovação de vida até o final de julho de 2021 serão notificados, até o dia 10 de agosto, para fazê-la no prazo de 30 dias, contados do recebimento da notificação”, informou o governo. O prazo limite para realização da Prova de Vida é 30 de setembro de 2021 para os aposentados, pensionistas e anistiados políticos civis que não a fizeram durante o período da suspensão da sua exigência.

O mesmo prazo limite e condições para comprovação de vida serão aplicados para aqueles que tiveram o pagamento restabelecido por meio de solicitação no módulo de Requerimento do Sigepe, tipo de Documento “Restabelecimento de Pagamento – Covid-19”, e ainda não realizaram a comprovação de vida durante o período de suspensão.

Confira o calendário abaixo:

 

Últimas notícias