Planejamento: governo quer manter Bolsa Família no orçamento de 2019

Ministério do Desenvolvimento Social também confirmou determinação de Temer para o repasse de R$ 30 bilhões para o programa

Reprodução

atualizado 05/09/2018 15:51

O presidente Michel Temer pediu que o Projeto de Lei Orçamentária (PLOA) 2019 fosse revisto pela equipe para manter recurso na íntegra ao programa Bolsa Família, afirmou nesta quarta-feira (5/9) o ministro do Planejamento, Esteves Colnago.

“O presidente pediu pra gente avaliar a necessidade de substituir o Bolsa Família por outro tipo de despesa e estamos avaliando quais seriam essas possibilidades. Devemos levar ao presidente uma proposta”, disse o chefe da pasta em visita ao Senado para entrega do PLOA ao presidente da Casa, Eunício Oliveira (MDB-CE), nesta quarta-feira. Segundo Colnago, havendo uma decisão sobre o tema, Temer deve fazer uma modificação no projeto, por meio de “uma mensagem modificativa”.

No entanto, devido à regra de ouro, é necessário condicionar as despesas a R$ 258 bilhões, segundo o ministro, e, por isso, será necessário mexer no orçamento. “Dado o espaço que nós temos, há uma grande chance de cairmos em folha de pagamento, mas estamos ainda vendo”, afirmou Colnago sobre o que deve ser substituído no projeto para contemplar o projeto social.

O Ministério do Desenvolvimento Social também confirmou que o presidente Michel Temer determinou a recomposição integral do Orçamento do Bolsa Família para 2019, no valor total de R$ 30 bilhões, sem a necessidade de aprovação pelo Congresso Nacional no próximo governo.

Últimas notícias