Petrobras: ações fecham em baixa após Bolsonaro indicar novo comando

Ações da estatal no Ibovespa encerrou esta sexta-feira (19/2) em queda de 6,63% e já caiu quase 10% nos Estados Unidos

atualizado 19/02/2021 21:14

Petrobras - SedeFernando Frazão/Agência Brasil

A decisão do presidente Jair Bolsonaro, anunciada no Twitter, de pedir a troca de Roberto Castello Branco da presidência da Petrobras deve afetar ainda mais as ações da empresa na bolsa, que terminaram esta sexta-feira (19/2) com queda de 6,63% no Ibovespa. O presidente indicou o militar Joaquim Silva e Luna, atual diretor da Itaipu, para a vaga. A nomeação depende do aval do conselho de administração da empresa, que tem maioria indicada pelo governo.

O anúncio pegou o mercado brasileiro fechado, mas nos Estados Unidos as ações já caíram quase 10% após a manifestação de Bolsonaro sobre a troca de presidente da estatal em negociações pós-mercado.

Durante toda a sexta o mercado financeiro reagiu mal as indicações de mudança na liderança da estatal. O Ibovespa operou na contramão do mercado mundial.

O índice abriu em queda de cerca de 0,6% e encerrou o dia em queda de quase 7%. Enquanto isso, bolsas de todo o mundo avançam.

Para o economista-chefe da Nécton, André Perfeito, “não é exagero dizer que o presidente deu um perigoso passo fora da agenda que o sustenta no poder, abrindo espaço para especulações sobre suas convicções liberais”.

Perfeito também afirmou que a tendência das ações é de queda para os próximos dias.

Últimas notícias