*
 

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira (11/7) que o preço médio do litro da gasolina  (sem tributos) nas refinarias, será de R$ 2,05. O valor entra em vigor a partir desta quinta (12) e é 0,78% maior que o anterior, R$ 2,03.

Nesta terça (10), a estatal já havia anunciado que o preço do litro subiria de R$ 2,0249 para R$ 2,0369 nas refinarias. O valor passou a valer nesta quarta (11).

Agora, o preço do combustível atinge o maior patamar desde maio, época em que a economia foi afetada pela greve dos caminhoneiros. Desde o início de julho, o reajuste acumulado foi de 5,28%, contando com este último.

O valor repassado ao consumidor, nas bombas de gasolina são maiores devido a incidência de impostos e a livre concorrência de mercado. No Distrito Federal, pela manhã, os postos de gasolina estavam vendendo o litro do combustível por valores entre R$ 4,29 e R$ 4,73.

Já o preço do diesel segue inalterado desde o dia 1º de junho, em R$ 2,03. A redução do preço do combustível foi uma das reivindicações dos caminhoneiros na greve feita no fim de maio.