Maia: reforma administrativa começa a tramitar na próxima semana

O democrata disse ainda que haverá um trabalho conjunto entre Câmara e Senado para debater a reforma tributária e a regra de ouro

Andre Borges/Especial para o MetrópolesAndre Borges/Especial para o Metrópoles

atualizado 21/10/2019 16:11

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta segunda-feira (21/10/2019) que a reforma administrativa começará a tramitar na Casa na próxima semana. Segundo ele, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) já deu aval a projetos relacionados ao tema, o que pode acelerar a tramitação.

A declaração foi feita após reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes, defensor da medida.

“Temos algumas propostas que já passaram pela CCJ. A gente pode utilizar um texto que não do governo, se eles não tiverem constrangimento e vaidade em relação a isso, para que já possa começar a discutir o mérito nas próximas semanas na Câmara dos Deputados”, afirmou.

O democrata disse ainda que haverá um trabalho conjunto entre Câmara e Senado para debater a reforma tributária e a proposta de emenda à Constituição (PEC) que aciona gatilhos no caso de descumprimento da regra de ouro.

Crise no PSL
Questionado sobre a briga pela liderança do PSL na Casa Baixa, Maia disse que esse “não é um problema do presidente da Câmara”. “Se eles vão continuar disputando a liderança ou não, esse é um problema do PSL. Vim aqui [ao Ministério da Economia] também com o objetivo de deixar claro que nós continuamos com nossa agenda de modernizar a Câmara, modernizar o Estado brasileiro, fazer este país voltar a crescer, reduzindo desigualdades”, declarou.

Nesta segunda (21/10/2019), o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, assumiu o cargo de líder do partido na Câmara, após uma reviravolta na legenda.

Últimas notícias