Inflação acima de 10% está em “nível muito elevado”, diz diretor do BC

A inflação acumulada atingiu 10,25% em setembro, a mais alta desde 2016, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

atualizado 15/10/2021 12:12

Michael Melo/Metrópoles

O diretor de Política Monetária do Banco Central, Bruno Serra, afirmou que a inflação acima de 10% está em um “nível muito elevado, inclusive para o nosso histórico, que é de inflação elevada”. A declaração foi feita nesta sexta-feira (15/10) durante live promovida por uma instituição financeira.

“Todo mundo tem falado da inflação no Brasil. Dois dígitos em 12 meses, nível muito elevado, inclusive para o nosso histórico, que é de inflação elevada. [A inflação] Vinha comportada até a pandemia, acelerou muito nos últimos 12 meses, mais do que os pares [países emergentes]”, disse.

A inflação acumulada ficou em 10,25% em setembro, a mais alta desde 2016, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Ainda de acordo com o diretor, o aumento nos preços dos alimentos e da energia elétrica está em linha com as altas observadas no resto do mundo no último semestre.

Para Bruno Serra, a inflação é uma “história basicamente global”, mas com questões adicionais no Brasil. “Itens comercializáveis, alimentos e combustíveis, por isso estamos com inflação acima dos pares [emergentes]”, complementou.

Mais lidas
Últimas notícias