Governo anuncia nova taxa de crescimento do PIB em 22 de maio

Secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues Junior, disse que haverá revisão dos números e Produto Interno Bruto ficará abaixo de 2%

Pedro França/Agência SenadoPedro França/Agência Senado

atualizado 14/05/2019 22:09

O secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues Junior, não quis cravar o valor da taxa de crescimento do PIB para 2019. Apenas se limitou a dizer, nesta terça-feira (14/05/2019), que haverá uma revisão dos números e ficará abaixo de 2% – porcentagem anunciada pela equipe econômica em março deste ano.

A nova projeção será anunciada no próximo 22 de maio, afirmou Waldery Junior. “As projeções apontam para a necessidade de revisão e a nova taxa deverá ser abaixo de 2%”, pontuou.

Apesar da declaração de Waldery Junior, o ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou na Comissão Mista de Orçamento (CMO) que o crescimento seria de 1,5% neste ano.

“Os relatórios de mercado apontam valores muito próximos desse valor, de 1,5%. Não posso cravar antes, só em 22 de março. O que nós temos efetivamente é uma revisão do PIB”, ressaltou Waldery, na contramão do declarado pelo titular da Economia.

Contingenciamento
O secretário explica que, com a nova taxa, o contingenciamento imposto a diversas áreas do governo federal – incluindo a educação – também será revisado. Segundo Waldery, “o valor é diretamente associado a essa projeção e, se o PIB está em queda, as receitas também diminuem. Assim também ocorre se o valor crescer no ano”.

“O contingenciamento ocorrerá novamente de maneira precavida e os valores serão abaixo da magnitude de contingenciamento anunciada em março deste ano”, finalizou.

Últimas notícias