Gol compra empresa por R$ 28 mi para aumentar malha de voos regionais

Fundada em 2011, a MAP é a quinta maior empresa aérea brasileira, com uma frota de sete aeronaves que operam em rotas da região amazônica

atualizado 09/06/2021 11:21

Divulgação

A companhia área Gol anunciou, nesta quarta-feira (9/6), ter celebrado um acordo para a aquisição da MAP Transportes Aéreos Ltda, empresa brasileira com rotas para destinos regionais e do Aeroporto de Congonhas em São Paulo. A MAP será adquirida por R$ 28 milhões em dinheiro e ações.

No fechamento, a companhia assumirá até R﹩100 milhões de compromissos financeiros da MAP. A conclusão da transação está condicionada a determinadas condições precedentes, incluindo aprovações e confirmações pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

“Essa aquisição é um passo importante da nossa estratégia de expansão de malha e capacidade, à medida em que buscamos revitalizar a demanda por viagens aéreas de lazer e a negócios”, afirmou o CEO da Gol, Paulo Kakinoff.

De acordo com ele, a Gol está investindo cada vez mais no mercado de transporte aéreo regional, com destaque para a região amazônica.

Fundada em 2011, a MAP é a quinta maior empresa aérea brasileira, com uma frota de sete aeronaves com 70 assentos que operam em rotas da região amazônica a partir do Aeroporto de Manaus.  A MAP também opera nas regiões Sul e Sudeste a partir de Congonhas, o maior aeroporto doméstico do país.

Essa fusão trará  26 voos diários a mais para a Gol. Assim, a companhia poderá atender novos destinos, conectando a maior cidade da América do Sul com mercados domésticos historicamente sub-ofertados.

 

Últimas notícias