Gasolina supera R$ 7 em oito estados e diesel passa de R$ 6 no Acre

Caminhoneiros marcaram greve para 1º de novembro contra a alta dos combustíveis

atualizado 25/10/2021 12:32

Abastecimento de combustívelRafaela Felicciano/Metrópoles

Diante da disparada da inflação, o preço da gasolina comum no país já supera R$ 7 em oito estados. Além de Acre, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, que já tinham histórico de registro das maiores cotações, Ceará, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná e Piauí também se uniram na lista de estados.

Os dados são da pesquisa semanal de preços realizada pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) entre os dias 17 e 23 de outubro. Ao todo, foram pesquisados 4.614 postos em todo o Brasil.

O Rio Grande do Sul é o líder dos estados com o litro da gasolina mais cara do país: R$ 7,46, vendida no município de Bagé. No Acre, também surpreende o preço do diesel comum, que ultrapassou a máxima de R$ 6.

Já o combustível mais usado pelos caminhoneiros, o diesel S10, feito com 10 partes por milhão de enxofre, teve máximas registradas acima de R$ 6 no Acre, no Mato Grosso e em São Paulo. A alta do preço é um dos principais motivos para a greve organizada pela categoria para o dia 1º de novembro.

A crise agrava-se ainda mais com o anúncio da Petrobras, feito nesta segunda-feira (25/10), de que haverá novos reajustes nos preços da gasolina e do diesel vendidos às distribuidoras. Os valores dos combustíveis devem ter aumento de 7,04% e 9,15%, respectivamente.

É a 2ª alta promovida no preço da gasolina só em outubro. E a 11ª no ano.

Mais lidas
Últimas notícias