Focus eleva projeção da inflação para 6,31%; Selic sobe para 6,75%

Esta é a 15ª vez consecutiva que o mercado financeiro eleva a previsão do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA)

atualizado 19/07/2021 8:53

Michael Melo/Metrópoles

O relatório de mercado Focus desta segunda-feira (19/7) traz alterações importantes nas estimativas da inflação e da taxa Selic para 2021. O mercado financeiro elevou, de 6,11% para 6,31%, a projeção sobre o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA).

Trata-se da 15ª alta consecutiva sobre o indicador. Há um mês, acreditava-se que o IPCA acumulado encerraria o ano em 5,9%.

Se confirmada a expectativa, a inflação fechará o ano acima do teto da meta fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), de 5,25%.

O Banco Central (BC), em 24 de junho, disse que a chance de o IPCA superar o teto da meta de 5,25% para este ano passou de 41% para 74%. Caso a meta não seja cumprida, o BC deverá escrever uma carta pública justificando os motivos.

0

Já a previsão sobre a taxa Selic, a taxa básica de juros, subiu de 6,63% ao ano para 6,75% ao ano. Hoje, a taxa Selic está em 4,25% ao ano.

O Comitê de Política Monetário (Copom), do Banco Central, decidiu aumentar os juros em 0,75 ponto percentual, no dia 16 de junho. A medida busca controlar a inflação do país.

A projeção do Produto Interno Bruto (PIB) do país em 2021 teve aumento de 0,01 ponto percentual, para 5,27%. Leia aqui a íntegra do relatório Focus desta segunda-feira (19/7).

Últimas notícias