Demanda de petróleo só vai superar nível pré-pandemia no fim de 2022

De acordo com a AIE, atraso na vacinação pode afetar a recuperação dos países

atualizado 11/06/2021 12:34

Divulgação

A Agência Internacional de Energia (AIE) divulgou um relatório, nesta sexta-feira (11/6), no qual detalha as previsões para o consumo de petróleo no mundo em 2022. De acordo com o documento, a demanda global promete superar os níveis prévios à pandemia só no fim do ano que vem.

“A demanda mundial de petróleo vai continuar se recuperando e até o fim de 2022 superará os níveis anterior à Covid-19“, afirmou a instituição no texto.

Em 2020, houve um retrocesso recorde de e 8,6 milhões de barris por dia (mbd), mas, pelas previsões, isso deve aumentar em 5,4 mbd este ano e em 3,1 mbd em 2022, podendo alcançar até 99,5 mbd de média.

De acordo com a AIE, o que pode afetar a recuperação dos países nesse sentido é o atraso na vacinação. “A recuperação será desigual tanto entre as regiões como entre os setores e produtos”, informa o relatório.

“O setor da aviação será o mais lento na recuperação, pois algumas restrições às viagens devem seguir em vigor até que a pandemia esteja firmemente sob controle”, completa o relatório.

Últimas notícias