metropoles.com

Com aquecimento global, Brasil produzirá menos alimento

Prognóstico feito pela ONU, resultado da pesquisa de cientistas de 66 países, indica possíveis novas crises humanitárias

atualizado

Compartilhar notícia

Divulgação
Agricultura indígena (1)
1 de 1 Agricultura indígena (1) - Foto: Divulgação

O impacto da humanidade sobre o clima é a “constatação de um fato”, afirmam cientistas da Organização das Nações Unidas em um documento histórico divulgado nesta segunda-feira (9/8). O relatório aponta que, em menos de uma década, os gases do efeito estufa esquentaram o planeta muito mais do que o previsto. Se não fosse o suficiente, o problema ainda causará fortes prejuízos econômicos para o mundo. No Brasil, podemos esperar uma representativa queda da produção agrícola.

Diante da pandemia da Covid-19, o novo prognóstico feito pela ONU, resultado da pesquisa de cientistas de 66 países, indica possíveis novas crises humanitárias.

Os especialistas afirmam que, caso o Acordo de Paris (pacto climático que países assumiram em 2015 para conter o avanço do aquecimento global) não seja cumprido, regiões como o Centro-Oeste e a Amazônia serão fortemente afetadas. É preciso evitar também que o planeta atinja 2ºC acima dos níveis pré-industriais ainda neste século.

Essa mudança impactará um dos principais motores da economia brasileira, a agricultura, com a previsão de cenários de incêndios e desertificação.

O Cerrado, que é fonte de oito das 12 bacias hidrográficas do país, tem significativa importância no ciclo da água. Com o perigo de incêndio e desmatamento, as chuvas são reduzidas e a temperatura local aumenta, colocando em risco a produção de alimentos e a vegetação local.

Os problemas para o país não acabam aí, afirma o documento. No Sudeste, inundações causadas pelas chuvas se tornarão ainda mais constantes, e castigarão cidades como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações