Bolsonaro: investir no país é esporte de altíssimo risco. Veja vídeo

Em um encontro com 25 governadores no período da manhã, ele pediu união para que o Brasil enfrente a crise

Marcos Corrêa/PRMarcos Corrêa/PR

atualizado 08/05/2019 12:31

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou nesta quarta-feira (08/05/2019), que investir no Brasil “é um esporte de altíssimo risco” por causa da situação econômica ruim que o País enfrenta.

Em um encontro com 25 governadores no período da manhã, ele pediu união para que o Brasil enfrente a crise.

“Temos que facilitar a vida de quem quer produzir e de quem tem coragem ainda de investir no Brasil, o que é um esporte de altíssimo risco dada a situação que temos agora”, disse ele aos governadores.

O presidente ressaltou que é preciso avaliar o que se pode fazer para equilibrar as contas públicas. “Não podemos falar agora em ideologia, temos que ter um norte que sirva para todos nós. O governo está aberto aos governadores para o diálogo”, comentou.

Bolsonaro defendeu ainda que é preciso ceder em determinados momentos para “ganhar lá na frente”. “Se todos agirmos com esse espírito, Brasil sai da situação em que se encontra. Estamos no mesmo barco e o mar não é de almirante. Mas, se nós juntos dermos as mãos e focarmos no que interessa, nós podemos sair da situação em que nos encontramos”, disse.

Acordo com governadores
O grupo de governadores que se reuniu na manhã desta quarta-feira (08/05/2019) com o presidente Jair Bolsonaro (PSL) colocou uma condição para apoiar a reforma da Previdência, principal pauta do governo: aprovação do novo pacto federativo.

A informação foi divulgada à imprensa pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que sedia a reunião em café da manhã realizado na residência oficial do presidente da Casa.

“Eles querem ajudar na reforma, mas querem do governo federal a condição de terem, a partir do movimento de apoiamento, as condições de redistribuição [do orçamento]”, afirmou. (Com Agência Estado)

Últimas notícias