Banco Central fará leilão para conter o dólar: moeda chegou a R$ 4,10

Nesta sexta-feira, cotação teve alta de 1,6% ante o real: a maior dos últimos oito meses. Mercado refletiu as tensões políticas

MICHAEL MELO/METRÓPOLESMICHAEL MELO/METRÓPOLES

atualizado 17/05/2019 21:09

Depois de o dólar comercial chegar a R$ 4,10 nesta sexta-feira (17/05/2019), a maior cotação dos últimos oito meses, o Banco Central anunciou que vai leiloar US$ 3,75 bilhões para conter a alta da moeda norte-americana.

Na comparação com o real, a moeda subiu 1,61%, acumulando alta de 4% na semana. Segundo analistas, a valorização do dólar se deve a dois fatores: a guerra comercial entre Estados Unidos e China, além do cenário político brasileiro, com a desarticulação do Planalto no Congresso Nacional.

A tensão entre Executivo e Legislativo põem em risco a aprovação da reforma da Previdência, assombrando os investidores.

Com esse cenário, o BC decidiu intervir, leiloando dólares nas próximas segunda (13/05/2019) e quarta-feira (22/05/2019). Segundo a assessoria do Banco Central, a medida pretende “aumentar a previsibilidade” da moeda norte-americana.

Últimas notícias