Doria reafirma início da vacinação em janeiro em São Paulo

Governador diz que data está mantida mesmo se ministério decidir comprar a Coronavac. Doze estados têm interesse por imunizante

atualizado 12/12/2020 17:45

Doria e coronavacGovernador de São Paulo, João Doria, apresenta cronograma de vacinação da Coronavac.

São Paulo – O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou neste sábado (12/12) que manterá a previsão de iniciar a vacinação contra a Covid-19 no próximo 25 de janeiro, mesmo que a Coronavac seja incluída no Plano Nacional de Imunização. Segundo anúncio feito na última semana, a primeira fase de imunização vai priorizar idosos e profissionais da saúde.

“O que nós mais desejamos é que a Coronavac seja incorporada no programa nacional de imunização”, afirmou o governador. Doria lembrou que o ministro Eduardo Pazuello (Saúde) chegou a anunciar a compra da Cornavac, mas foi desautorizado pelo presidente Jair Bolsonaro menos de 24 horas depois.

“O que questionamos é por que começar a vacinação apenas em março, se temos capacidade para fazê-lo em janeiro?”, disse o governador.

Doria afirmou que vê de forma positiva um possível recuo do Ministério da Saúde em relação à compra da Coronavac – a vacina está prevista no plano nacional entregue neste sábado ao Supremo Tribunal Federal (STF). “Mas enxergamos também a necessidade de fazer a imunização já. Vamos iniciar em janeiro e essa decisão de manter a data do dia 25.”

0

 

Últimas notícias