Doria inaugura trem chinês para Guarulhos: “Só o Bolsonaro não vai usar”

Mais seis composições, de fabricação chinesa, devem ser entregues até dezembro. Governador de São Paulo aproveitou para alfinetar presidente

atualizado 22/10/2020 15:31

Governo do Estado de São Paulo

São Paulo – O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), entregou nesta quinta-feira (22) o segundo trem da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que circulará na Linha 13-Jade, ligando a capital ao Aeroporto Internacional de Guarulhos.

Segundo o governo do estado, outras seis composições serão entregues até dezembro e começarão a circular após a realização os protocolos de segurança e operação.

Os três são de fabricação do consórcio Temoinsa-Sifang, na China. O investimento nas oitos composições é de R$ 316,7 milhões e está sendo realizado com apoio do Banco Europeu de Investimento (BEI). Na entrega, Doria aproveitou para alfinetar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Só tem um passageiro que não vai utilizar esse tipo de serviço, que é o presidente Jair Bolsonaro, porque ele não usa nada que é chinês. Então, ele vai utilizar outro tipo de transporte, como ele é refratário a tudo que vem da China…”, cutucou o governador.

0

Nesse discurso, Doria também disse que será um ato criminoso do presidente negar o acesso a qualquer vacina aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Os dois vêm trocando críticas e acusações desde que o governador afirmou que o Ministério da Saúde compraria 46 milhões de doses da Coronavac, com tecnologia chinesa.

O chefe do Executivo nacional ficou irritado com a afirmação e desautorizou o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. Disse, em evento em Campinas, que se ordem tivesse sido assinada, ele cancelaria.

Os trens

Com espaço para bagagens, os trens têm 170 metros de comprimento e salão contínuo de passageiros (passagem livre entre os carros). Também dispõem de monitores digitais internos com informações sobre a prestação de serviços e reconhecimento eletrônico automático do maquinista por meio de biometria.

A linha possui três serviços para atender a demanda de passageiros. No serviço regular, as viagens são realizadas entre as estações Engenheiro Goulart, na Linha 12-Safira, e Aeroporto-Guarulhos, com parada na Estação Guarulhos-Cecap, durante todo o horário comercial.

O intervalo entre os trens é de 20 minutos de segunda a sexta-feira e aos sábados (das 4h às 9h e das 17h às 20h). Nos demais horários de sábado e aos domingos e feriados é de 30 minutos.

Últimas notícias