*
 

Líder do Capital Inicial, Dinho Ouro Preto usou as redes sociais para relatar dois episódios de violência no Rio de Janeiro. Desta vez, envolvendo o caminhão e o ônibus da banda. Segundo ele, os casos ocorreram no domingo (11/2) de manhã, na Avenida Brasil.

Segundo Dinho descreveu em sua página no Facebook, bandidos armados pararam o caminhão e apontaram uma arma para o motorista. “Levaram o caminhão para um local onde entraram no baú armados com fuzis. Viram que não dava pra levar o equipamento porque era muito pesado, então assaltaram o motorista e liberaram a carga….”, disse.

O caminhão do grupo foi assaltado e, a poucos metros do ônibus que carrega os músicos, houve um tiroteio. “Um motoqueiro deu quatro tiros à queima-roupa no que parecia ser um ladrão. Isso a trinta metros da frente do ônibus”, escreveu Dinho. O relato engrossa a onda de terror que turistas e moradores têm enfrentado no Rio de Janeiro durante o Carnaval, marcado por muitos arrastões na Zona Sul da cidade.