Diarista é morta com tiro no peito quando passava pela Cidade de Deus

Mulher foi atingida no carro que dirigia, junto do filho, quando seguia para o trabalho no Rio. Delegacia de Homicídios investiga o caso

atualizado 07/02/2022 18:59

Reprodução

Rio de Janeiro – A diarista Jurema Alvares Pinto, de 65 anos, morreu após ser atingida por um tiro na manhã desta segunda-feira (7/2) na região da Cidade de Deus, na zona oeste do Rio.

De acordo com as primeiras informações, a mulher estava num carro, junto do filho, quando foi atingida. Segundo a reportagem do G1. ela seguia ao trabalho, na Avenida Edgard Werneck, que corta a comunidade, quando acabou ferida no peito.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

Jurema foi socorrida por moradores para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da região, mas não resistiu aos ferimentos. A Secretaria Municipal de Saúde do Rio, que administra a unidade, confirmou a morte.

A PM nega qualquer operação ou registro de confronto com policiais na área. O carro onde Jurema estava ficou com uma marca de tiro no para-brisa e será periciado por técnicos da Delegacia de Homicídios da Capital, na Barra da Tijuca, que investiga o caso.

Mais lidas
Últimas notícias