Delegado que investigou Sleeping Giants é cunhado de blogueiro bolsonarista

Flavio Azambuja Martins é dono da página Senso Incomum, alinhada com o governo, e cunhado do delegado que abriu o inquérito

atualizado 22/08/2020 13:39

Myke Sena/Especial Metrópoles

O delegado da Polícia Federal que investigou a Sleeping Giants Brasil, que vem promovendo a desmonetização de páginas que propagam mentiras e discurso de ódio, é cunhado de Flavio Azambuja Martins, influenciador digital bolsonarista e dono da página Senso Incomum, um dos sites afetados pela ofensiva do Sleeping Giants contra marcas que anunciam em páginas acusadas de publicar fake news.

Segundo informações do site The Intercept, o delegado Ricardo Filippi Pecoraro é irmão de Camila Filippi Pecoraro, advogada casada com Azambuja.

O influenciador publicou uma série de artigos dias antes de Pecoraro decidir abrir o inquérito. Em um deles, o editor chamou, sem qualquer prova, vários sites brasileiros de “propagador de fake news”. Coincidentemente, o delegado usou como justificativa o argumento de que o Sleeping Giants estaria fazendo “acusações graves, contudo genéricas, não apontando exatamente quais teriam sido as fake news que os veículos de comunicação que cita teriam cometido”.

Pecoraro também listou que a página de desmonetização de propagadores de notícias falsas estaria cometendo crimes contra a liberdade de imprensa, de pensamento, de expressão e contra a livre concorrência dos meios de comunicação.

Os envolvidos foram procurados pelo The Intercept, mas optaram por não se manifestar.

Mais lidas
Últimas notícias