Datafolha: cai reprovação à conduta de Bolsonaro contra Covid

Parcela que avalia o desempenho do presidente durante a pandemia como ruim ou péssimo caiu de 54%, em setembro, para 46% em março

atualizado 03/04/2022 17:04

Presidente Bolsonaro sorri do lado de fora do palácio da Alvorada, no cercadinho onde ficam seus apoiadores e jornalistas. Ele usa terno - Metrópoles

Pesquisa do Instituto Datafolha, divulgada pelo jornal Folha de S.Paulo neste domingo (3/4), mostra que a reprovação do presidente Jair Bolsonaro (PL) em relação à pandemia de coronavírus caiu, apesar de continuar mais negativa do que positiva.

Segundo o levantamento, a parcela dos entrevistados que considera a condução da crise sanitária pelo mandatário da República como ótima ou boa é de 28%. Na última pesquisa com o cenário, em setembro do ano passado, o percentual era de 22%.

Os que avaliam a condução da pandemia como regular passaram de 22%, em setembro, para 25% em março. Já a parcela que avalia o desempenho como ruim ou péssimo caiu de 54% para 46%.

A pesquisa ouviu 2.556 pessoas de 181 municípios brasileiros nos dias 22 e 23 de março. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.

Disputa eleitoral

A queda na reprovação do presidente Jair Bolsonaro em relação à pandemia ocorre no momento em que ele mostra fôlego para disputar as eleições de outubro deste ano.

Em 24 de março, o Datafolha mostrou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem 43% das intenções de voto para o primeiro turno das eleições deste ano. Já o presidente Jair Bolsonaro tem 26%.

Mais lidas
Últimas notícias