Cuiabá: falsa imobiliária é fechada e 12 funcionários são investigados

Os trabalhadores podem cumprir até 3 meses de prisão por exercício ilegal da profissão de corretagem de imóveis

atualizado 26/02/2021 20:36

Uma falsa imobiliária foi fechada, nessa quinta-feira (26/2), em Cuiabá (MT). Durante uma operação da Polícia Civil e do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Mato Grosso, 12 pessoas foram advertidas por exercício ilegal da profissão de corretor de imóveis.

De acordo com a investigação, essa não é a primeira vez que funcionários desta empresa são autuados por ilegalidades de serviços.

A proposta da empresa, presencialmente, era vender consórcios. No entanto, pelas redes sociais, os trabalhadores anunciavam imóveis em oferta.

A situação está sendo analisada pelos órgãos competentes e a pena prevista para a irregularidade é de até 3 meses de detenção.

Com informações do G1.

Últimas notícias