CT do Flamengo: alojamento era estacionamento, sem certificado contra incêndio

O centro estava em fase de regularização e por isso ainda não tinha o documento da corporação

REGINALDO PIMENTA/RAW IMAGE/ESTADÃO CONTEÚDOREGINALDO PIMENTA/RAW IMAGE/ESTADÃO CONTEÚDO

atualizado 08/02/2019 15:31

Em nota oficial, o Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro informou que as instalações do Ninho do Urubu, local de treinamento de jogadores de base do Flamengo, que teve parte da estrutura destruída pelas chamas, não estava regularizado junto à corporação.

O comunicado explica que, embora o centro ainda estivesse em fase de regularização, isso não significa que o local não tinha dispositivos de combate a incêndio. O Certificado de Aprovação é um documento final emitido pelo Corpo de Bombeiros.

Além disso, o clube teria permissão da prefeitura para usar a área do alojamento como um estacionamento, segundo apurou a Folha de S.Paulo. Essa autorização teria sido concedida em 2018. O clube ainda não se manifestou sobre o assunto.

Veja a íntegra da nota:
“O Centro de Treinamento do Flamengo, localizado na Estrada dos Bandeirantes. 25.997 – Vargem Grande, está em processo de regularização junto ao Corpo de Bombeiros, o que significa que ainda não possui o Certificado de Aprovação (CA), que é o documento final emitido pela corporação.
O CA é a documentação que atesta a existência e o funcionamento dos dispositivos contra incêndio previstos pela legislação vigente. Não se trata de alvará de funcionamento (estabelecimentos comerciais) ou habite-se (imóveis residenciais). Estes documentos são emitidos pela Prefeitura.
Importante esclarecer que a não existência do CA não significa, por si só, que o local não possuía os dispositivos, e sim que não era aprovado pelo CBMERJ”.

Últimas notícias