Corpo carbonizado é encontrado perto de moto após vítima sair de bar

Câmera registrou momento em que o homem sai do local acompanhado de duas pessoas horas antes de ser assassinado em Senador Canedo (GO)

atualizado 17/10/2021 12:19

Gilvan Araújo de Souza foi morto e teve corpo carbonizado em Senador Canedo, GoiásReprodução

Um homem de 38 anos foi morto e teve o corpo carbonizado em Senador Canedo, região metropolitana da capital goiana, na sexta-feira (15/10). Segundo a Polícia Civil de Goiás (PCGO), um vídeo mostra a vítima saindo de um bar com dois homens horas antes de ser assassinada.

Um suspeito de envolvimento no crime foi preso com o celular da vítima.

Veja o vídeo:

De acordo com a investigação, Gilvan Araújo de Souza estava em um bar com os dois homens, e, em seguida, eles teriam brigado. Uma câmera de segurança registrou o momento em que ele saiu do local e entrou no banco do passageiro do carro de um dos homens. O outro suspeito aparece pilotando a moto da vítima.

O corpo de Gilvan, segundo a polícia, foi encontrado carbonizado perto da moto. Horas depois, um homem foi preso. Ele não teve sua identidade divulgada.

“Chegamos a esse suspeito, e ele foi encontrado com o celular da vítima. Ele afirma que quem cometeu o fato foi o primo dele, que está foragido. Ele nega a autoria, mas foi encontrado com o celular da vítima logo após o fato”, afirmou o delegado Antônio André.

Assim como a polícia, a família da vítima quer saber o motivo do assassinato. “Os pais dele estão em choque. Tiraram a vida de um cara trabalhador, pai de família. Ele tinha um filho. A gente espera por justiça”, disse o primo de Gilvan, Breno Gonçalves da Silva, ao G1.

O caso foi registrado, inicialmente, como latrocínio, mas a polícia ainda investiga a motivação do crime.

Mais lidas
Últimas notícias