Coronavírus: União paga R$ 30 mil para UPA ampliar funcionamento

Além do atendimento ampliado, Ministério da Saúde habilitou mais 2,5 mil leitos de UTIs que serão distribuídos para os estados e DF

Ministro da Saúde durante coletiva sobre o coronavírusIgo Estrela/ Metrópoles

atualizado 20/03/2020 14:18

Na corrida para conter o avanço do coronavírus, causador da Covid-19, o Ministério da Saúde reforçou a estrutura do sistema.

Nesta sexta-feira (20/03), a pasta anunciou que pagará até R$ 60 mil para unidades de pronto atendimento (UPAs) e unidade básicas de saúde (UBSs) ampliarem o horário de funcionamento.

Além disso, o governo federal habilitou mais 2,5 mil leitos de unidades de terapia intensiva (UTIs) para o socorro de casos graves de Covid-19.

As medidas foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira e foram autorizadas pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Segundo o governo, o incentivo financeiro de que trata a portaria tem como finalidade possibilitar o maior acesso dos usuários aos serviços de Atenção Primária à Saúde por conta da Covid-19.

“[É importante] ampliar o acesso da população às ações e serviços da Atenção Primária à Saúde em tempo oportuno para assistência, diagnóstico, tratamento, prevenção, controle do surto e interrupção da cadeia de transmissão”, justifica a portaria.

Para receber o incremento de verba, a unidade deve ter horário de funcionamento mínimo de 60 ou 75 horas semanais.

No caso do funcionamento de 60 horas, a unidade terá que funcionar 12 horas diárias ininterruptas, de segunda-feira a sexta-feira, ou 11  horas diárias ininterruptas, de segunda a sexta-feira e cinco horas aos sábados ou domingos.

Já no caso das UPAs e UBSs que funcionarão 75 horas semanais, a regra é abrir as portas 15 horas diárias ininterruptas de segunda-feira a sexta-feira ou 14 horas diárias ininterruptas, de segunda a sexta-feira, e cinco horas aos sábados ou domingos.

O incentivo pago pelo Ministério da Saúde será de R$ 15 mil mensais para unidades que funcionarão 60 horas semanais e de R$ 30 mil mensais para aquelas que abrirão  75 horas semanais.

UTIs
Segundo o Ministério da Saúde, todas as unidades da Federação receberão leitos de UTIs para disponibilizarem aos doentes de Covid-19.

A pasta calcula o índice para cada estado e para o DF de acordo com a população.

Últimas notícias