Coronavac: Butantan aguarda aval em bula para vacinar adolescentes

Instituto Butantan espera por documentação de laboratório chinês para solicitar à Anvisa a vacinação de jovens entre 12 e 17 anos

atualizado 14/07/2021 11:25

Dimas Covas_CPI da CovidRafaela Felicciano/Metrópoles

São Paulo – O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou nesta quarta-feira (14/7) em São Paulo que espera documentação que virá da China até o fim desta semana para pedir à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorização para vacinar adolescentes de 12 a 17 anos com a Coronavac.

No último domingo (11/7), o governador João Doria anunciou o novo calendário de vacinação no estado, prevendo vacinar pessoas acima de 12 anos a partir de 23 de agosto.

Entretanto, atualmente apenas a bula da Pfizer tem indicação para aplicação em adolescentes. De acordo com a coordenadora do programa estadual de imunização, Rejane de Paula, o calendário divulgado conta com a vacina da Pfizer, e eventual autorização da Coronavac poderá mudar as datas.

Dimas Covas disse que já entregou uma parte da documentação à Anvisa, mas ainda precisa complementar o pedido com documentação que será enviada pela Sinovac, farmacêutica chinesa.

“Já foi fornecido à Anvisa parte da documentação. A outra parte vai chegar da China até este final de semana e vamos completar a inclusão na autorização de uso emergencial, de 12 a 17 anos. Esperamos que, a partir daí, a Anvisa análise a documentação e esperamos que seja suficiente apenas os dados da China, para essa complementação”, concluiu.

Mais lidas
Últimas notícias