Contra divórcio, homem atropela ex-mulher e filho de cinco anos

O crime ocorreu no dia do aniversário da criança, na cidade de Jardim Luz, em Goiás

Polícia Militar/DivulgaçãoPolícia Militar/Divulgação

atualizado 07/08/2019 13:06

Um homem suspeito de atropelar a ex-mulher e o próprio filho de cinco anos foi preso, na terça-feira (07/08/2019), em Goiás. O atropelamento ocorreu no dia de aniversário da criança.

De acordo com o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), as vítimas passam bem. O crime ocorreu na cidade de Jardim Luz, após um desentendimento entre as partes. A delegada que investiga o caso, Luciane Aguiar Faria Shono, disse que o casal se divorciou há uma semana e o homem não teria aceitado o término. O acusado, de 33 anos anos, chegou na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher chorando.

“Hoje a vítima marcou de conversar com o suspeito para tratar sobre a questão da divisão de bens e ele ficou exaltado. Começou a ameaçar, disse que ia pegar o filho na creche e sumir com a criança. Tanto que ela ficou com medo e ligou para a irmã do suspeito pedindo ajuda”, falou Luciene à imprensa local.

De acordo com a delgada, testemunhas viram o suspeito atirando o carro em cima das vítimas propositalmente. “Quando voltavam da creche, ele jogou o carro em cima de todo mundo, cada um correu para um lado. Depois ele manobrou e jogou o carro em cima das vítimas. Tanto a mulher quanto a criança tiveram ferimentos”, afirmou a delegada.

As pessoas que testemunharam o crime detiveram o suspeito. Ele foi autuado em flagrante e permanecerá preso. “Ele vai ser atuado por tentativa feminicídio e tentativa de homicídio, porque há informação que ele disse que ia matar todo mundo”, afirmou Luciane.

Em nota, o hospital disse que os pacientes estão “orientados” e se recuperam dos ferimentos. “Pacientes conscientes, orientados e respirando de forma espontânea, aos cuidados de equipe multidisciplinar na Emergência da unidade de saúde”, informou.

Últimas notícias