metropoles.com

Começam os saques do dinheiro esquecido; confira o passo a passo para receber

Consulta começa às 10h. No total, 38 milhões de pessoas físicas e 2 milhões de empresas têm ao menos R$ 6 bilhões a reaver

atualizado

Compartilhar notícia

Daniel Ferreira/Metrópoles
Notas de dinheiro – Brasília(DF), 06/10/2015
1 de 1 Notas de dinheiro – Brasília(DF), 06/10/2015 - Foto: Daniel Ferreira/Metrópoles

O Banco Central (BC) inicia, nesta terça-feira (7/3), o pagamento dos “valores esquecidos” por clientes em contas bancárias. No total, 38 milhões de pessoas físicas e 2 milhões de empresas têm ao menos R$ 6 bilhões a reaver, de acordo com informações da autarquia.

O valor poderá ser consultado de forma on-line, a partir das 10h, no site do Banco Central (veja abaixo o passo a passo). Após solicitar a devolução, o dinheiro será depositado na conta do cliente em até 12 dias úteis. O montante esquecido pode ser restituído via Pix ou instituição bancária.

Como fazer o pedido

  • Acesse o site do Sistema de Valores a Receber (SRV) no período de saque informado na primeira consulta. Caso tenha esquecido as datas, é possível voltar ao sistema na repescagem.
  • Faça login na conta Gov.br (nível prata ou ouro). Caso não tenha conta em alguns dos dois níveis, adiante o cadastro ou aumente o nível de segurança (no caso de contas tipo bronze) no site ou no aplicativo Gov.br.
  • Leia e aceite o termo de responsabilidade.
  • Verifique o valor a receber, a instituição que deve devolver o valor e a origem (tipo) do valor a receber.
  • Escolha a opção que prefere, entre as indicadas pelo sistema: “Solicitar por aqui”, para devolução do valor via Pix, em até 12 dias úteis; ou “Solicitar via instituição”, voltado para usuários que não têm Pix.

Dinheiro a receber

O BC esclarece que os valores esquecidos são referentes a:

  • Conta-corrente ou poupança encerrada com saldo disponível;
  • Cotas de capital e rateio de sobras líquidas de ex-participantes de cooperativas de crédito;
  • Recursos não procurados de grupos de consórcio encerrados;
  • Tarifas cobradas indevidamente;
  • Parcelas ou despesas de operações de crédito cobradas;
  • Contas de pagamento pré ou pós-pagas encerradas e com saldo disponível;
  • Contas de registro mantidas por corretoras e distribuidoras encerradas com saldo disponível;
  • Outros recursos disponíveis nas instituições para devolução.

Nesta etapa, o sistema também distribuirá valores depositados em contas cujos titulares já faleceram. Para receber os recursos, será necessário ser herdeiro, testamentário, inventariante ou representante legal.

Segundo o BC, estes são os perfis dos brasileiros que teriam algum valor a receber:

• 23,58 milhões de clientes têm direito a receber até R$ 10;
• 7,94 milhões têm entre R$ 10,01 e R$ 100;
• 2,86 milhões têm entre R$ 100,01 e R$ 1 mil;
• 476,5 mil têm acima de R$ 1 mil.

Cuidado com golpes

A autoridade monetária alerta para o aumento no número de sites falsos criados por golpistas para roubar dados ou ter acesso a contas bancárias de vítimas.

Veja as orientações dadas pelo Banco Central:

  • O único site que você pode consultar e saber como solicitar a devolução dos seus valores, da sua empresa ou de pessoas falecidas é o do Banco Central (link aqui).
  • Todos os serviços do Valores a Receber são gratuitos. NÃO faça qualquer tipo de pagamento para ter acesso aos valores.
  • O Banco Central NÃO envia links NEM entra em contato com você para tratar sobre valores a receber ou para confirmar seus dados pessoais.
  • Somente a instituição financeira que aparece no Sistema de Valores a Receber é que pode contatar você, e ela NUNCA vai pedir sua senha.
  • NÃO clique em links suspeitos enviados por e-mail, SMS, WhatsApp ou Telegram.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?