Chefe do tráfico em Salvador é preso na Cidade de Deus, no Rio

Jadson Sousa da Silva, o Jaú, é investigado por suspeita de homicídio e tráfico de drogas. Homem é um dos foragidos mais perigosos da Bahia

atualizado 06/10/2021 15:38

Jadson Sousa, o Jaú, chefe do tráfico de drogas em Salvador, preso no Rio de JaneiroReprodução

Rio de Janeiro – A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu, nesta quarta-feira (6/10), o traficante Jadson Sousa da Silva, 35 anos, chefe do tráfico de drogas na comunidade Jardim Santo Inácio, em Salvador (BA). O homem estava escondido na comunidade Cidade de Deus, na zona oeste da capital fluminense, e era considerado um dos foragidos mais perigosos do estado.

Contra o suspeito, conhecido como Jaú, havia um mandado de prisão temporária por homicídio qualificado. Segundo as investigações da polícia da Bahia, Jadson matou um homem em meio a uma disputa de territórios para venda de drogas. Ele também é suspeito de roubo.

Em março de 2019, a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) chegou a incluir Jadson, de nacionalidade salvadorenha, no Baralho do Crime, mecanismo que reúne suspeitos procurados pela polícia.

Chefe do tráfico baiano, o homem foi preso no âmbito de investigações dos agentes da 25ª DP (Engenho Novo), que buscam localizar criminosos foragidos em outros estados do país no Rio de Janeiro.

 

Últimas notícias