Caso Mari Ferrer: absolvição de acusado de estupro gera protestos no país

Decisão da Justiça causou revolta nas redes sociais e grupos organizaram manifestações em vários estados

atualizado 13/09/2020 13:32

Após protestos tomarem as redes sociais contra a absolvição do empresário paulista André Camargo Aranha, acusado de estuprar a influenciadora digital Mari Ferrer no Cafe de La Musique, em Jurerê Internacional, Florianópolis,  em dezembro de 2018, o bloco feminista goiano Não É Não promove um ato de solidariedade neste domingo (13/09), a partir das 16h, na Praça Cívica.

Durante toda a semana passada, em quase todos os estados brasileiros, grupos de insatisfeitos com o resultado do julgamento em Floripa também saíram às ruas para protestar, ganhando a adesão da mídia.

Leia a matéria completa no site ND Mais, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias