*
 

Um cão sem nome, mas guardado no coração de todo o Brasil. O caso envolvendo o hipermercado Carrefour ganhou novas camadas nesta terça-feira (4/12), quando ONGs, famosos e internautas decidiram se pronunciar acerca do assassinato de um cachorro na unidade de Osasco (SP).

O crime ocorreu no sábado (1º/12) e teria sido arquitetado por um funcionário da rede. O segurança do local teria espancado o cão – quebrando duas de suas patas – após dar veneno a ele. Testemunhas revelaram que o animal era costumeiro da região e ganhava alimentação e água de pessoas que passavam.

Nas redes sociais, ONGs fizeram publicações e marcaram o Carrefour para questionar o desfecho desta história. Famosos também usaram seus perfis no Instagram em busca de respostas. Tatá Werneck, Leticia Spiller, Fábio Assunção e Kéfera foram algumas das celebridades que se pronunciaram.

A humorista que apresenta o Lady Night se indignou com a atitude do Carrefour em não levar o caso adiante. “Se estão tão chocados quanto nós, aproveitem essa crueldade para fazer a diferença. Comecem a ajudar ONGs que cuidam de animais abandonamos. Comecem a doar alimentos para cuidar desses bichos. Parem de dar respostas prontas e sejam humanos pelo menos agora”, escreveu Tatá.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Como vcs devem estar acompanhando pelas notícias, um cachorro foi espancado e morto por um funcionário dentro do @carrefourbrasil. Quando vamos entrar na página e reclamar, eles enviam respostas prontas, copiadas e coladas , dizendo que repudiam esse ato. SE REPUDIAM mesmo, sugiro que agora aproveitem essa “chance” (não sei que palavra usar aqui) para assumirem uma responsabilidade pelo ato dentro de suas empresas. Se estão tão chocados quando nos, aproveitem essa crueldade para fazerem a diferença. Comecem a ajudar ONGs que cuidam de animais abandonados. Comecem a doar alimentos para cuidar desses bichos. Parem de dar respostas prontas e sejam “humanos” pelo menos agora. Eu fico imaginando que esse cachorro poderia estar na minha casa cuidado com Todo amor , como o Nino (que teve a perna arrancada) ou a Penélope (que cegaram) ou como meus 13 gatos de rua. Existem MUITAS pessoas cuidando de animais abandonados. Mas ainda sim são muitos que precisam. E aí @carrefourbrasil ? O que vão fazer? E nós? Vamos fazer algo juntos?

Uma publicação compartilhada por Tata Werneck (@tatawerneck) em

Kéfera também não ficou calada. “E aí, Carrefour, o que será feito com o segurança que agrediu e envenenou o cãozinho de rua que estava no mercado de vocês em Osasco?”, questionou. Giovanna Ewbank fez uso do desabafo de Tatá para repudiar o ocorrido, e o cantor Felipe Araújo também tomou partido.

“Eu não consigo acreditar nos níveis incríveis de crueldade que o ser humano tem atingido. Isso não vai ficar assim! Mataram esse cachorrinho em uma filial do Carrefour. Brutalmente! Essa notícia acabou com o meu dia”, disse o sertanejo.

Milhares de internautas fizeram posts comoventes na internet, inserindo o perfil da rede de hipermercados a fim de chamar atenção. Eles compartilham a mesma imagem: do cãozinho indefeso pintado, com uma coroa flutuante de anjo na cabeça.

Luisa Mell

Defensora dos animais, Luisa Mell não deixou o episódio passar em branco. Em um vídeo publicado nas redes sociais, ela revelou que acompanhará o caso de perto e, se preciso, envolverá a Justiça a fim de punir os responsáveis pelo crime. Na função Stories do Instagram, ela divulgou as imagens que chocaram o país no início desta semana: o cachorro sendo morto.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

A protetora de animais @luisamell do @institutoluisamell já está no caso para justiça ser feita!!! . #queremosjustiça #carrefour #devepagarindenizaçao #justiçasejafeita #todosunidosporessacausa #elenaomerecia #luisamell #institutoluisamell #divulguem

Uma publicação compartilhada por ¤ André Di Melo ¤ (@dimelooficial) em PST

Outro lado
Por meio de nota, o Carrefour informou que repudia veementemente qualquer tipo de maus-tratos e preventivamente afastou a equipe responsável pela segurança do local no dia da ocorrência até que a rigorosa apuração em curso seja concluída e as devidas providências adotadas.

“Assim que notamos a presença do animal nas dependências da loja, o acolhemos, oferecendo água e comida, até que a equipe do Centro de Controle de Zoonoses de Osasco chegasse ao local para o devido atendimento”, informou.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

QUEREMOS JUSTIÇA…. NÃO DEIXE ESSA CASO IMPUNE. VAMOS PROTESTAR TODOS PELO NOSSO ANJINHO DE 4 PATAS #carrefourbrasil#carrefour#carrefourosasco#sãopaulo

Uma publicação compartilhada por Carrefour Brasil (@queremosjusticacarrefour) em