Câmeras flagram agressões de neto a avó idosa e ele é preso

Suspeito confessou os maus-tratos e disse que chegava a queimar a vítima, Maria Stela Vasconcelos da Silva, com pontas de cigarro

atualizado 21/11/2020 15:14

Câmeras do elevador e dos corredores de um prédio no Leblon, no Rio de Janeiro, flagraram agressões de Matheus Luz à avó, Maria Stela Vasconcelos da Silva, de 76 anos.

Nas imagens, ele derrama água de uma garrafa na cabeça dela, dá murros no painel do elevador e, em outra gravação, chuta uma criança.

A Justiça do Rio aceitou o pedido de prisão preventiva de Matheus por lesão corporal com violência doméstica, discriminação e humilhação a pessoa idosa. Segundo as investigações, Matheus também batia na cabeça dela com uma garrafa e chutava a idosa.

Em depoimento à polícia, segundo a TV Globo, Matheus admitiu os maus-tratos e disse ainda que queimava a avó com pontas de cigarro. A idosa passava os dias sentada na portaria do prédio, para fugir da violência doméstica, como relataram vizinhos, que denunciaram o crime.

A polícia afirma que Matheus tem histórico de delitos semelhantes e já praticou outros crimes previstos no Estatuto do Idoso contra a avó, em 2017, e uma lesão corporal contra a mãe, em 2019.

Últimas notícias