*
 

Em fiscalização realizada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, Zona Norte da cidade, foram encontradas quatro suítes equipadas e semelhantes às de motel para visitas íntimas de presos. A informação é do portal O Dia.

Camas de casal, luzes vermelhas, televisores, piso de porcelanato e até uma parede pintada com um coração fazem parte da decoração do local.

Na Cadeia Pública de Benfica estão presos políticos envolvidos na Operação Lava Jato. Entre eles, secretários estaduais da gestão de Sérgio Cabral – onde o próprio ex-governador também já ficou detido –, como Wilson Carlos e Hudson Braga, além da alta cúpula da Assembleia Legislativa, composta pelos deputados Edson Albertassi, Jorge Picciani e Paulo Melo, todos do MDB. Cabral foi transferido de Benfica para presídio federal no Paraná no dia 18 de janeiro.

Promotores do MP do Rio de Janeiro estão investigando o caso desde o dia 19 de fevereiro, a fim de descobrir quando as suítes foram construídas.