Butantan quer vacinar contra Covid-19 e gripe com dose única

Segundo Dimas Covas, os testes estão ocorrendo: "Já estamos fazendo testes em animais e trabalhando intensamente nesse desenvolvimento"

atualizado 15/11/2021 16:18

Dimas Covas_CPI da CovidRafaela Felicciano/Metrópoles

O Instituto Butantan, ligado ao governo de São Paulo, pretende fazer da Butanvac, vacina brasileira contra a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, o imunobiológico-chefe contra a enfermidade e a gripe. A iniciativa tem como objetivo otimizar e agilizar a campanha de imunização no país.

Em entrevista ao jornal O Globo, Dimas Covas, presidente da entidade, adiantou que a intenção é incorporar a Butanvac “não só como vacina única, mas também como uma vacina combinada”.

0

“Nós temos duas vacinas: uma em uso, que é a Coronavac; e uma em desenvolvimento adiantado, que é a Butanvac. São fórmulas que têm princípios e imunogenicidades diferentes, e uma pode completar a ação da outra”, analisou.

Segundo o responsável pelo Butantan, há a intenção de manter a Coronavac como carro-chefe. “Mas, futuramente, nós estamos desenvolvendo um imunizante que combina a vacina da gripe com a da Covid-19, no sentido de disponibilizar uma única fórmula que sirva tanto para uma quanto para outra doença”, destacou.

Em teste

Os testes, segundo Dimas Covas, estão ocorrendo. “Já estamos fazendo testes em animais e trabalhando intensamente nesse desenvolvimento. Primeiro precisamos terminar a Butanvac para, na sequência, fazer estudos com essa combinação. Em princípio, a vacina seria para todas as populações que são elegíveis para a gripe, que é aplicada a partir dos 3 anos de idade”, frisou.

A característica do novo coronavírus levará o mundo, segundo o médico, a ter uma “revacinação” contra a Covid-19.

“Prevendo que o coronavírus se tornará possivelmente endêmico, ele não vai desaparecer. Decorre dessa suposição a necessidade de uma vacinação anual – exatamente a mesma frequência com que a população recebe a vacina da gripe. Aplicar uma fórmula única para Covid-19 e gripe faz todo o sentido”, acrescentou.

O Butantan pretende solicitar à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a autorização para a imunização infantil.

“A Coronavac é a vacina mais segura entre todas que estão sendo utilizadas para todas as populações, mas especialmente para a população de 3 a 17 anos. Então, estamos também aguardando o pronunciamento da Anvisa, no sentido de que autorize o uso desse imunizante nessa população”, salientou.

Mais lidas
Últimas notícias